Como Saber Qual é o Bom Comentário Bíblico?

jun 6, 2012 by

Como Saber Qual é o Bom Comentário Bíblico?

Por Marcio S. da Rocha.

Existem diversas Bíblias de estudo no mercado. Todas elas trazem uma certa versão das Escrituras em Português, e comentários de vários versos bíblicos, feitos por autores da edição, além de mapas, diagramas e cronogramas. É preciso estar consciente de que comentários bíblicos não são inspirados por Deus; apenas o texto é. Por outro lado, uma pessoa que desconhece o contexto no qual o livro foi escrito será levado a interpretar o texto de acordo com suas próprias experiências, e não entenderá a mensagem do escritor bíblico, nem do autor (Deus). Portanto, um comentário pode tanto acrescentar luz no sentido da correta interpretação de uma passagem bíblica, quanto desviar o entendimento desta. Assim, é preciso ter cuidado ao se ler comentários bíblicos.

Quais são os bons comentários bíblicos e onde encontrá-los?

Os melhores comentários são os que trazem informações sobre o contexto histórico, geográfico e cultural (costumes) do autor e de sua comunidade/sociedade, na época e na região em que o escritor bíblico escreveu o livro. A este tipo de comentário denomina-se comentário contextual. Se as informações históricas, geográficas e culturais dadas forem confiáveis (e as fontes devem ser indicadas pelo comentarista), o entendimento do leitor ou estudioso da Bíblia será bastante enriquecido, no correto sentido em que o autor intencionou. Lamentavelmente, este tipo de comentário raramente é encontrado nas edições brasileiras de Bíblias de Estudo. A maioria delas (pelo menos as que conheço) traz principalmente comentários doutrinários, que refletem opiniões pessoais dos estudiosos que as editaram — comentários que refletem doutrinas adotadas por certas denominações evangélicas ou ordens católicas. Por outro lado, muitas Bíblias de estudo trazem mapas geográficos, e esses são úteis ao entendimento do leitor. Entretanto, boa informação contextual pode ser encontrada na Bíblia de Estudo NVI, na Bíblia Shedd, e no suplemento arqueológico da Bíblia de Referência Thompson. Não quero ser injusto com outras edições que porventura eu não conheça. Inclusive, caso eu venha a conhecer no futuro alguma Bíblia de estudo editada no Brasil que também traga boas informações contextuais, modificarei este artigo para incluí-las como exemplos.

Deve-se ressaltar que as melhores informações sobre o contexto Bíblico em Português não são encontradas atualmente em comentários bíblicos ou Bíblias de Estudo. Elas se encontram em livros específicos. Dois livros que indico são: “Manual dos tempos e costumes bíblicos”, de William Coleman (editora Betânia), e “A vida diária nos tempos de Jesus”, de Henri Daniel Rops (editora Vida Nova).

Outro tipo de comentário útil é o comentário crítico-textual. Os cientistas da Crítica Textual são capazes de apontar quais das diferentes leituras encontradas nos manuscritos antigos da Bíblia possuem maior probabilidade de serem as leituras originais, verso a verso. Eles geralmente se baseiam nos manuscritos mais antigos e que conservaram melhor o texto, de acordo com critérios científicos da Crítica Textual (ver artigo “A preservação das Escrituras”neste blog). As versões brasileiras do Novo Testamento que o traduzem com base na Crítica Textual científica (portanto, as melhores) são a Almeida Revista e Atualizada e a NVI. Essas versões trazem no rodapé alguns breves comentários sobre leituras diferentes das adotadas nas respectivas edições, e que são encontradas em manuscritos antigos. Porém, não expõem as análises feitas pelos eruditos nem as razões pelas quais cada editora decidiu por esta ou aquela leitura. Os comentários críticos textuais mais aprofundados são encontrados em livros específicos. No Brasil, há o livro “Crítica Textual do Novo Testamento” do autor Wilson Paroschi.

Os comentários que esclarecem o sentido nas línguas bíblicas originais (Hebraico, Aramaico e Grego) são muito úteis, se a pessoa que os fez é um erudito nessas línguas. Hoje em dia é muito comum se ouvir: “No grego original esta palavra quer dizer isto ou aquilo”. Porém, os leigos nestas línguas geralmente tiram conclusões sobre os sentidos de certas palavras no grego bíblico consultando léxicos, e muitas vezes não levam em consideração as formas gramaticais em que as palavras que estão interpretando foram escritas na língua original (porque não possuem o conhecimento necessário que lhes permita fazer a análise sintática das palavras). Isto tem levado a muito erro. Saber se uma palavra é um verbo e se está no pretérito, no presente ou no futuro, faz toda a diferença no significado. Pretendo complementar este artigo com alguns exemplos de mal entendimento do “grego original” feito por pessoas leigas nas línguas bíblicas.

Ainda outro tipo de comentário muito útil é aquele que procura harmonizar o entendimento da passagem em análise com passagens mais claras que constam em outros livros do mesmo escritor bíblico sobre o assunto, ou de outros escritores bíblicos (comentário harmonizador). Não se deve tirar conclusões nem estabelecer doutrinas a partir de um texto sem considerar o que o mesmo autor bíblico ou outros escreveram sobre o tema. Conheço comentários bíblicos que colocam o apóstolo Paulo contra ele mesmo, ou contra outros escritores bíblicos. Esses comentaristas que fazem isto conduzem o leitor à confusão e ao erro. As edições de Bíblias de estudo que indiquei aqui trazem alguns bons comentários harmonizadores, e as referências cruzadas de algumas Bíblias (aquelas que geralmente aparecem numa coluna central das páginas) podem ser muito úteis para que o leitor compare diversas referências que tratam sobre certo assunto.

Num artigo como este eu não poderia deixar de recomendar cautela acerca de comentários escatológicos (que “explicam” as profecias bíblicas acerca do futuro). Muitas doutrinas e até sistemas teóricos teológicos inteiros (como a teoria dispensacionalista) foram inferidos a partir de certos textos proféticos isolados ou combinados e são pregados como verdades, quando, de fato, são teorias. Nas profecias bíblicas, o leitor deve se ater ao essencial — às grandes verdades; não aos detalhes. Muitas vezes, nem os próprios profetas entendiam os detalhes das profecias que eles mesmos proferiam. Há ensinos claros nas profecias bíblicas, tais como a volta física de Jesus a este mundo, para reinar. O leitor da Bíblia deve estar convicto desta verdade espiritual — profética. Porém, não deve ficar tentando determinar, com base em detalhes das profecias, como ou quando vai se dar esta volta. Paulo diz em 1 Tessalonicenses que a volta do Senhor ao mundo será muito rápida (“num abrir e fechar de olhos”) e que será precedida de um forte som, semelhante ao toque de uma trombeta. Além disso, o próprio Senhor Jesus falou (Mateus 24) que haverá uma tribulação que precederá a sua volta. Esta é outra verdade clara. Mas, não dá para estabelecer com clareza quantos anos durará esta tribulação, nem se ele vai voltar no final ou no meio dela. Comentários escatológicos são os que mais têm conduzido ao erro; por isso é bom que se tenha bastante cuidado ao lê-los.

Enfim, recomendo ao leitor que procure ler comentários contextuais, comentários crítico-textuais, comentários harmonizadores, e comentários linguísticos feitos por eruditos nas línguas bíblicas originais. Esses aumentarão o seu correto conhecimento das Escrituras, e alimentarão a sua fé de modo bastante saudável. E recomendo também que evite os comentários escatológicos e os comentários doutrinários denominacionais, para não ser levado a crer em algo que os autores bíblicos, inspirados, não intencionaram ensinar.

—————————–

Marcio Soares da Rocha é autor do livro “Princípios de Interpretação da Bíblia” (editora Premius); participa atualmente de uma igreja que se reúne nos lares de seus membros; é graduado em Liderança Cristã pelo Haggai Institute (Maui-Hawai-USA); é formado em Teologia no Seminário Teológico Batista do Ceará e está concluindo o Mestrado em Teologia pela Trinity Graduate School of Apologetics and Theology (Kerala-India).

Related Posts

Share This

33 Comments

  1. valbio

    Qual sua visão a respeito do Comentário Bíblico NVI ?
    Obs.: Não me refiro a Bíblia de Estudo NVI.

    • PCE

      Caro Valbio, eu não conheço este Comentário Bíblico NVI. Aliás, vou procurar conhecê-lo. A maioria dos comentários da Bíblia de Estudo NVI é boa.

    • junior

      muito bom valbio uns dos melhores arquivos biblicos

  2. Bom eu conheço esse aqui , excelente comentário bíblico , Coleção introdução e comentário Antigo Testamento e Novo testamento- 25 livros editora vida nova, Série Cultura Bíblica, Comentários homiléticos e exegéticos, versículo por versículo. Trazem amplas introduções a cada livro. o site esta aqui >>> ( http://www.vidanova.com.br/categorias.asp?codigo=7 ) , porem deve-se pegar tudo o que existe por ai e analisar , estudar cuidadosamente como os “bereanos” , sou a favor de estudar tudo , ser uma pessoa contextual e literal na sua grande maioria da interpretação a nao ser quando a gramatica pedir alegorias nos textos, pra nao cair em erros de muitos que estao nos pulpitos e nos best-sellers por ai , espero ter contribuído e edificado alguém , abraços e que Jesus esteja com voce !

  3. ERONILDO DOS SANTOS OLIVEIRA

    Gostaria de receber algumas orientações livros que devemos obter para que possamos ter um pouco mais de conhecimento aos textos originais, quais comentários e biblias que você indicaria, pois preciso aprender a cada dia acerca da palavra de Deus para que eu não venha a falar bobagens.

    • PCE

      Caro Eronildo,

      Penso que os livros e bíblias de estudo que indico no artigo são muito bons. Com relação ao conhecimento sobre as línguas bíblicas há alguns livros bons, porém eu recomendo que, se você deseja ter um conhecimento melhor, faça um curso presencial de grego bíblico e/ou de hebraico bíblico em algum seminário ou faculdade teológica de sua cidade ou da cidade mais próxima.

      Graça e paz.

      • Heleno

        Boa tarde Marcio S. da Rocha, a paz!

        Já tem ebook de Mathew Henry em português, muito bom eu gostei muito mesmo.
        Só pro irmão saber mesmo.
        Fica na paz!!!

  4. danubio

    Eu recomendo o comentario biblico de moody é muito bom,!Mas voce deve se lembrar que o crente deve crescer em graça e em conhecimento e estes tipos de comentarios nao levam a crescer na graça,apenas no conhecimento.Para crescer na graça e no conhecimento,recomendo obras como a biblia de estudo aplicação pessoal,biblia de estudo pentecostal,comentário biblico matthew henry,biblia de estudo matthew henry e biblia de estudo mover de Deus.Voce concorda comigo?

    • Marcio S. da Rocha

      Olá Danúbio,

      O que promove o crescimento na graça de Deus não é o tipo de comentário bíblico. O cristão cresce na graça de Deus pela fé na sua palavra, pelas experiências com Deus em sua vida e pela comunhão com outros irmãos. Como já dissemos, os melhores comentários bíblicos são aqueles que acrescentam conhecimento para a melhor compreensão (exegese) do sentido original dos textos bíblicos. E a melhor compreensão dos livros bíblicos promove o crescimento espiritual do cristão, em termos de fé e graça. Por outro lado, alguns comentários bíblicos prejudicam o entendimento do texto bíblico porque expressam opiniões particulares de denominações (como a Bíblia de Estudo Pentecostal).

      Desses comentários que você citou, considero bom o de Mathew Henry, mas não conheço nenhuma tradução dele em Português. Aliás, o melhor dos comentários clássicos em inglês é o de John Gill.

      Graça e paz de Jesus.

      • Heleno

        Boa tarde Marcio S. da Rocha, a paz!

        Já tem ebook de Mathew Henry em português, muito bom eu gostei muito mesmo.
        Só pro irmão saber mesmo.
        Fica na paz!!!

        • Marcio S. da Rocha

          Obrigado pela informação Heleno, mas onde a gente pode acessar este eBook do Mathew Henry em Português? Dá para enviar o link?

  5. Luiz petrin junior

    Por-gentileza,eu tenho introdução e comentário série cultura bíblica editora vida nova completo A.T e N.T,um pouco li e interessante e tenho um livro comentário do novo testamento editora cultura cristã li interessante.Indica os comentários das duas editoras e irão acrescentar lendo os dois.Envie um imail.

    • Marcio S. da Rocha

      Luiz,

      Essas duas editoras que você citou costumam publicar materiais de boa qualidade. A editora Cultura Cristã, no entanto, é da Igreja Presbiteriana do Brasil. Portanto, é natural se esperar que os comentários das publicações desta editora reflitam posições doutrinárias desta denominação. É preciso ter bom senso para analisar se o que o texto bíblico está comunicando em si concorda ou não com o comentário da denominação, que interpreta o texto à luz de suas próprias doutrinas.

  6. raphael

    Marcio,no caso do comentário cultura bíblica,ele é ótimo? E qual o manual bíblico voçê recomenda,por exemplo: Manual bíblico vida nova, manual Sbb, manual bíblico Halley- qual seria o melhor? Também a bíblia de estudo Palvra chave e a bíblia de estudo Plenitude seriam ótimas também?

    • Marcio S. da Rocha

      Caro Rafael,

      Eu não conheço essas obras que você menciona. Vou me informar e depois, quem sabe, posso dizer alguma coisa. De antemão, posso afirmar que a editora Vida Nova têm produzido ótimos livros; se este Manual Bíblico Vida Nova foi editado pela editora Vida Nova, é possível que seja bom.

  7. Matheus

    Boa noite!
    Primeiramente, muito obrigado por tão esclarecedor texto, Marcio!
    Tenho pensado em comprar um livro de comentários e fiquei em duvida entre o
    Comentário Bíblico Vida nova (http://www.vidanova.com.br/produtos.asp?codigo=428), e o comentário bíblico NVI (http://www.tendagospel.com/comentario-biblico-nvi-antigo-e-novo-testamento-f-f-bruce.html).

    Sugeriria algum dos dois?
    Obrigado e que Deus continue iluminando seu coração!
    Matheus

    • Marcio S. da Rocha

      Caro Matheus,

      Os dois comentários citados por você são ótimos. Se puder adquira os dois.

  8. JONATHAS

    Graça e Paz.

    O senhor indicaria algum curso de Teologia básica? Parece que o senhor tem apreço pela editora Vida Nova. Achei esse lá.

    https://vidanova.com.br/703-kit-curso-vida-nova-de-teologia-basica-12-volumes.htm

    Encontrei outros fora da vida nova também, exemplos:

    1) http://www.icibrasil.com.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2&Itemid=27

    2) http://www.icp.com.br/cursobacharel.asp
    3) http://www.cetadeb.com.br/
    4) Nenhum deles acima, rs!

    É tanta coisa que encontramos na internet. O senhor tem um olhar mais clínico, penso que pode me ajudar. Mais para frente, queria saber mais da palavra de Deus, ter noções mais amplas. Aqui na minha cidade tem um Seminário Batista é bom, mas eu ainda não posso ficar 4(quatro) anos estudando. Quero algo mais rápido. Será que os livros indicados no seu texto acima já basta?

    Grato.

    • Marcio S. da Rocha

      Caro Jonathas,

      Parabéns pelo seu interesse em compreender mais a Deus e sua Palavra.

      Já que você não intenciona ou não tem disposição de cursar um seminário teológico, eu recomendo um ou dois desses livros:

      – Teologia Sistemática, de Franklin Ferreira / Alan Myatt. Editora Vida Nova
      – Teologia Sistemática, de Wayne Grudem. Editora Vida Nova.

  9. Thallys

    Desses dois livors situados pelo senhor sobre a cultura nos temlos de Jesus qual dos dois o senhor acha mais ricos de detalhes

    • Marcio S. da Rocha

      Olá Thallys,

      Os dois são muito bons. Recomendo adquirir primeiro o Manual dos tempos e Costumes Bíblicos. Ajudará muito na compreensão da Bíblia. Graça e paz.

  10. Luciano Xavier

    Olá Márcio Rocha

    Também gostei do texto que você escreveu. Gostaria de saber sua opinião sobre o Novo Testamento Interpretado de Russell Norman Champlin?

  11. Isaias

    Graça e paz! Gostei muito do seu artigo. Você poderia relacionar alguns comentários bíblicos de acordo com seu artigo, para me ajudar na hora de comprá-los? Obrigado. Deus abençoe.

    • Marcio S. da Rocha

      Isaías,

      Com relação a Bíblias comentadas, gosto da NVI de Estudo e da Shedd. Gosto da edição “O Novo Comentário da Bíblia” da Ed. Vida Nova. O melhor comentário que conheço é o de John Gill. Uma pena que só existe em inglês.

  12. Stefano Albuquerque

    Qual a versão bíblica que você recomenda para uma leitura bíblica minuciosa.

    • Marcio S. da Rocha

      Em português, até agora a melhor é a NVI. Também é bom ter a Almeida Revista e Atualizada.

  13. marcos rodrigo

    Olá irmão. Estou pesquisando alguns comentários biblicos. Estou em dúvida entre os seguintes:
    1-Editora Hagnos – Autor: Russell Norman Champlin
    2 – Novo Comentário Bíblico Beacon – Editora Central Gospel
    3 – Comentário Bíblico Matthew Henry – CPAD
    4 – Coleção introdução e comentário Antigo Testamento e Novo – editora Vida Nova

    Pode me dizer qual deles mais se aproxima do comentário contextual.

    • Marcio S. da Rocha

      O Comentário de Mathew Henry é bom. Os livros da editora Vida Nova geralmente são bons também. O Comentário de Beacon eu não conheço. O comentário de Camplin é errôneo. Russel Champlin acredita no espiritismo; portanto, é anti-bíblico.

  14. jose augusto

    A paz do Senhor, meu nome é josé augusto, li seu comentario, procurei na internet, mas estou encontrando dificuldades para achar alguns materiais, tais como: comentário critico textual, comentário harmonizador, comentario linguistico, todos esses comentário tem que ser descritos como biblicos?

    • Marcio S. da Rocha

      Olá José Augusto,

      De fato, você dificilmente encontrará na internet se procurar por “comentário critico textual”, “comentário harmonizador”, “comentario linguistico”. Para comentários críticos textuais, procure Crítica Textual do Novo Testamento ou do Antigo Testamento. Sobre comentários harmonizadores, veja nas Bíblias de estudo aquelas notas entre as colunas do texto. São notas/referências que indicam outros textos em outros livros da Bíblia relacionados/harmônicos com o assunto do texto que está sendo lido. Comentários linguísticos você só encontrará nos léxicos.

  15. Newman Oliveira

    O que acha do Novo Comentário Bíblico AT e NT da Central gospel ?

    • Marcio S. da Rocha

      Newman,

      Eu não conheço este “Novo Comentário Bíblico AT e NT da Central gospel”. Olhei no site e vi que este comentário ainda não está à venda. No site do produto não diz quem são os autores nem a editora. Não dá pra dizer nada assim.